Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Artesanato Local

 

Rostos pintados à mão, cabelos de linha levemente trançados e roupas coloridas. Quem chega até Monteiro Lobato, encontra além das inúmeras belezas naturais o artesanato local, representados por belos bonecos que encantam adultos e crianças.

Ganharam inspiração na literatura do escritor José Bento Monteiro Lobato, morador ilustre do município. Os personagens do Sítio do Picapau Amarelo ganham vida nas mãos das artesãs da cidade. “Emília foi feita por tia Nastácia, com olhos de retrós preto e sobrancelhas tão lá em cima que parecia uma bruxa”. Na descrição feita pelo escritor neste trecho retirado do livro Reinações de Narizinho, inspira até hoje a confecção da mais famosa boneca.

A prática do artesanato foi iniciada pela professora Norma dos Santos Rocha Dellú, na década de 1970. Ex-diretora do Grupo Escolar Maria Ferreira Sonnewend, ela criou os primeiros modelos das bonecas que até hoje são produzidas no município. A técnica foi difundida através de cursos em programas sociais na comunidade, o que impulsionou a criação de ateliês e tornou-se uma importante fonte de renda para as famílias lobatenses.